Logo Hortas Biológicas

COMO FAZER COMPOSTO COM AS FOLHAS DO OUTONO

Terra de Deatomáceas Diatomaceous earth

 

O composto de folhas é considerado um excelente condicionador do solo. É bastante conhecido pelo termo em inglês “Leaf Mould” e não é mais do que folhas decompostas ao longo do tempo com a ajuda da água. Ao fim de um ano ou mais dependendo do tipo de folhas, dá origem a uma espécie de solo com um forte a agradável aroma terroso, tipo o cheiro a terra molhada depois das primeiras chuvas.

Não substitui o composto pois não é muito rico em nutrientes. Contudo, melhora muito a estrutura e a textura do solo. Além disso, proporciona uma melhor retenção da água e isso vai ajudar as plantas a assimilarem melhor os nutrientes.
O produto final do composto de folhas pode reter várias vezes o seu próprio peso em água. É fácil de imaginar como isso pode beneficiar em especial os solos mais arenosos que são mais permeáveis.
Além de ajudar na retenção de água, também ajuda a amaciar solos pesados e proporciona o habitat ideal para atrair muitos organismos essenciais para ter para um solo saudável na sua horta tais como minhocas e bactérias benéficas.

Como fazer
Folhas Outono Leaf MouldComece por reunir o máximo possível de folhas. Nunca pense que já tem demais. Depois do processo concluído, vai ficar com cerca de um terço do volume que tinha inicialmente.
O processo é muito parecido com a compostagem, mas dá menos trabalho. A escolha pelo método a usar, vai depender muito das suas circunstâncias e do espaço que tem disponível.
monte
Se na sua horta tem um espaço livre que pode ficar ocupado por muito tempo, pode optar pela forma mais simples. Reúna as folhas e empilhe-as. Regue-as regularmente. Com o auxilio de uma pá ou forquilha, revolva as folhas ocasionalmente. E volte a regar se notar que o nível de umidade está muito baixo. Se puder, deve delimitar o espaço com tábuas ou paletes. Isso vai evitar que seja espalhado pelo vento pois fica confinado naquele espaço. Pode cobrir com uma lona ou outro tipo de cobertura. Assim vai conseguir ter mais controle nos níveis de humidade.

Uma solução também muito simples e ideal para pequenas quantidades, é encher sacos de lixo resistentes com folhas.Melhora a estrutura e a textura do solo. Além disso, proporciona uma melhor retenção da humidade. Antes de fechar os sacos, regue um pouco para ficar com alguma humidade. Os sacos devem ser perfurados para haver algum fluxo de ar no interior e permitir o processo de decomposição. Arrume os sacos num canto ou numa arrecadação. Remexa os sacos a cada dois meses e verifique a humidade. Humedeça as folhas se notar que estão secas. Pode ficar meses ou anos dentro dos sacos.

Outro método muito utilizado passa por construir gaiolas circulares ou quadradas com rede tipo galinheiro. Não existe uma regra para a altura e o diâmetro das gaiolas. Mas é conveniente que tenham pelo menos 1 metro de altura. Isso permite que as folhas inferiores permaneçam húmidas e continuem a apodrecer. Vá acrescentando folhas á medida que o volume vai diminuindo. Se a sua zona é muito chuvosa, pode fazer um “telhado” com uma lona, tábua ou chapa.

Quanto tempo demora
Em qualquer destes métodos, o processo pode ser acelerado se as folhas forem trituradas. Contudo, não pense que vai ser rápido. Leva mais tempo do que a compostagem normal. Vai levar cerca de um ano até ter o processo concluído. Pode levar mais dependendo do clima e tipo de folhas que vai usar. A parte boa é que vão ser meses com muito pouco trabalho da sua parte.
Tenha em atenção que as folhas a usar devem ser provenientes de árvores de folha caduca ou de arbustos que perdem as folhas no outono/inverno. As folhas de árvores perenes (folhas verdes) devem ser usadas no compostor. Existem ainda outras folhas não devem ser usadas pois liberam substâncias químicas. É o caso das folhas de louro-rosa, louro-cereja e eucalipto,

Como usar
Depois do processo estar completo, espalhe densamente o composto sobre o solo e remexa levemente. Não se preocupe em misturar. Os organismos vão encarregar-se do o incorporar completamente. Quanto mais reforçar as aplicações do composto, mais escuro vai ficar o solo da sua horta. Contudo, lembre-se que isto apenas vai melhorar a sua textura e estrutura. Para enriquecer o solo, deve continuara a aplicar o composto comum e/ou fertilizantes biológicos.

Além de poder ser usado como condicionador do solo, o composto de folhas pode ser usado noutras aplicações também úteis na horta ou jardim.
Mesmo sem o processo estar completamente concluído, já pode usar o produto como Mulch que se coloca ao redor de vegetais recém-plantados. Vai ajudar a sufocar as ervas daninhas e bloquear a luz para impedir que apareçam novas. Pode também ser usado como cobertura para vasos. Vai ajudar a reter a humidade que a planta precisa. Não se preocupe se o produto ainda tiver alguns restos por desfazer.

Outro modo eficaz de usar o composto de folhas é como mistura para vasos. Pode misturar em partes iguais com o substrato que usa nos vasos das suas plantas. É importante que use um substrato de qualidade. Esta mistura é indicada para plantas de interior como orquídeas, samambaias, suculentas e bonsais.

També pode ser usado como base para sementeiras. Neste caso, deve peneirar previamente o composto para separar qualquer resto ainda por decompor. Misture uma parte de areia e duas partes de composto de folhas. Encha as bandejas e semeie diretamente.

DESTAQUES

FERTELIZANTES BIOLÓGICOS
FLORES NA HORTA
PLANTAS INDICADORAS

RELACIONADO

Folhas de outono

Folhas de outono

Compostagem Compost

Compostagem

Compostagem materiais

Materiais para Compostagem

Símbolo Agricultura Biológica UE

Fertelizantes Biológicos

Siga-nos