Logo Hortas Biológicas

COMO CULTIVAR ALFACE

Alface

 

As alfaces são muito fáceis de cultivar seja na horta, num canteiro ou mesmo num recipiente.
Inicialmente deve ter em atenção que existem variedades de inverno e de verão. 
As embalagens das sementes e o próprio nome indicam isso. Por exemplo: “Alface Maravilha de inverno”.

A alface cultivada no Inverno tem tendência a ser mais saborosa pois o frio e a falta de luz concentram os açúcares na planta. Se programar bem a susceção de culturas e das variedades, pode ter alface caseira quase todo o ano.

A alface prefere terrenos francos e com alto teor em matéria orgânica, que não retenham excessivamente a humidade. É ligeiramente tolerante à acidez do solo, crescendo melhor em solos com pH entre 6,5 e 7.

Inicia-se a sementeira de Fevereiro a Maio ou de Setembro a Novembro. 
Para assegurar uma boa qualidade na altura da colheita deve-se moderar a quantidade de alfaces semeadas e se necessário espaçar uma semana. 
Assim poderá ter alfaces prontas a ser colhidas durante um longo período de tempo ao invés de ter que colher uma grande quantidade de uma só vez.

Pode ser semeada em canteiros e quando tiverem 4 a 6 folhas podem ser transplantada para local definitivo.
Em zonas mais quentes, o transplante deve ser feito nos períodos de menor calor e de preferência já com o solo irrigado.

Ao plantar, deve ter em conta que a distância entre plantas vai depender da variedade.
Os compassos mais estreitos (25-30 cm entre plantas) são utilizados para alfaces de crescimento mais reduzido e durante a Primavera-Verão, quando não existem problemas de falta de luz e humidade excessiva. 

Os compassos mais largos (35-40 cm entre plantas) devem ser utilizados para alfaces de maior desenvolvimento e durante o Outono-Inverno, para que se consiga um melhor arejamento, com a consequente melhoria do estado sanitário.

Rega
A alface tem um sistema radicular pouco desenvolvido; a maior parte das raízes desenvolve-se entre os 10 e os 25 cm de profundidade. Isto faz com que as plantas sejam muito sensíveis à falta de água. 
Antes do repolhamento, as regas devem ser frequentes e pouco copiosas, pois uma dose excessiva de água pode provocar asfixia radicular, facilitar o desenvolvimento de doenças e provocar uma lavagem dos nutrientes solúveis.

Tipburn Necroge marginal Um teor de humidade uniforme no solo, além de permitir um bom desenvolvimento da planta também contribui para diminuir os riscos de aparecimento de necrose marginal das folhas (ver imagem).

A partir do início do repolhamento, as regas devem ser mais espaçadas e com doses mais elevadas, não só porque as raízes já exploram um maior volume de solo, mas também porque as folhas interiores terão mais dificuldade de secar após cada rega, o que aumenta o risco de aparecimento de doenças.


Consequências de falta de água:
– Atraso ou paragem do crescimento;
– Grande sensibilidade à podridão cinzenta.
– Próximo do repolhamento, necroses marginal das folhas.

Consequências de excesso de água:
– Asfixia das raízes;
– Paragem do crescimento;
– Aparecimento de carências nutritivas.

Solos mais ligeiros necessitam de regas mais frequentes mas menos água por aplicação. 
Se o solo tiver uma boa capacidade de retenção de água as regas podem ser mais espaçadas.
É conveniente da ruma boa rega imediatamente depois da transplantação e outra alguns dias depois para assegurar um bom pegamento das plantas.
Por razões sobretudo de ordem sanitária, a rega deve fazer-se preferencialmente de manhã, de modo que as folhas tenham tempo suficiente de secar antes do início da noite.

Cuidados
As alfaces desenvolvem-se melhor em solos férteis, e para isso, é essencial fornecer-lhes matéria orgânica. 
A matéria orgânica melhora substancialmente a estrutura do solo, aumenta a capacidade de retenção de água e nutrientes, e facilita a circulação da água e das raízes das plantas.
A alface tolera mal os estrumes frescos, pelo que devem estar bem decompostos,
A matéria orgânica demasiado fresca pode aumentar os riscos de salinidade ou provocar a libertação de quantidades excessivas de azoto e de amoníaco. 

As principais pragas que podem atacar esta cultura são: 
Rosca, Piolhos, mosca branca, larva mineira, lesmas e caracóis.

Em determinadas épocas do ano o míldio também pode afetar consideravelmente a alface.
Especialmente em períodos de temperaturas baixas associadas a uma umidade elevada.
Caracteriza-se pelo aparecimento de manchas amarelas. Outros fungos também podem atacar as alfaces e provarcar por exemplo a podridão de esclerotinia ( mofo branco) nas folhas. (ver imagens)

Mildio alface


O solo encharcado e as plantas muito juntas pode originar a podridão cinzenta, uma doença que torna o pé da alface preto eco mau-cheiro. 

Após a colheita, deve-se realizar a rotação de culturas, plantando uma leguminosa ou uma hortaliça de outra família, como cenoura, pimentão, beringela, ou repolho. 
Evitar cultivos sucessivos de alface no mesmo local, para reduzir a ocorrência de podridão, míldio e bacterioses.

Consociação
A alface dá-se bem com - Abóbora, Aipo, Beterraba, Alho-francês, Cebola, Pepino, Cenoura, Couve, Couve-flor, Ervilha, Morango, Feijão, Rabanete, Repolho, Tomate, Rúcula, Curgete.
Tem como plantas antagónicas - Batata, Legumes-tuberosos, Rabanete, Salsa.

Colheita
A alface é uma planta frágil e a sua degradação é rápida. 
De preferência, colha na parte da manhã para preservar a crocância que adquire durante a noite.
A alface pode ser colhida de uma vez no caso das alfaces com configuração de repolho. Cortar pela base junto ao solo.
Também pode ser colhida faseadamente no caso das alfaces tipo romana. Neste caso, deverão primeiro ser colhidas as folhas exteriores enquanto a planta se vai desenvolvendo e formando novas folhas no interior.
Depois de colhida deve ser imediatamente conservada em frio.

Sementes de Alface - Se quiser guardar sementes, deve deixar algumas alfaces ganhar flor (espigar) que mais tarde se transformará em sementes. 
As sementes depois de secas podem ser guardadas em local seco e escuro até à próxima época de cultivo. 
Assim que as flores estiverem perfeitamente desenvolvidas diminua a periodicidade das regas permitindo assim que a planta comece a secar dando mais força às sementes.

 

Sugerimos Também

AIPO
ABÓBORAS
ACELGAS

RELACIONADO

Alface juice lettuce

Benefícios da Alface

Alface lettuce

Descrição da Alface

Siga-nos