Logo Hortas Biológicas

COMO CULTIVAR AIPO

Aipo

 

O aipo gosta de solos arenoargilosos, profundos, húmidos, ricos em matéria orgânica, pouco ácidos, bem-drenados e com um pH entre 6.0 e 7.0. Solos de textura muito pesada dificultam o desenvolvimento do sistema radicular da planta.
Desenvolve-se melhor se for plantado em sulcos.
Se quiser semear em estufa, a melhor altura é entre Janeiro-Fevereiro.
Se for em local definitivo, entre Março-Abril.
Se quiser transplantar, deve faze-lo cerca de dois meses depois da sementeira.
O espaçamento deve ser 30 a 40cm entre linhas e 20 a 25cm entre plantas.

Rega
Visto que o aipo gosta de solos húmidos, faça uma rega regular em especial nos dias de mais calor.
Use água de boa qualidade.
Tenha o cuidado de não encharcar o solo.

Cuidados

O aipo é uma planta resistente que em geral não requer muitos cuidados especiais.
Gosta de sol mas se viver em zonas mais quentes, é preferível que seja exposta à meia sombra para evitar que as folhas ressequem com o calor excessivo.
Além de nutrir a terra na altura da plantação, é importante fazer uma nova adubação cerca de seis semanas depois.
As principais pragas que atacam a cultura do aipo são o ácaro, minador das folhas e o pulgão. Os pulgões são os mais problemáticos, pois, além de causarem um dano direto à planta, são também transmissores do vírus do mosaico do aipo. 

Septoriose Relativamente às doenças destaca-se a Septoriose do aipo(Septoria apii) também conhecida como requeima e que pode fazer muitos estragos nas folhas.
Inicialmente, desenvolve-se como pequenas manchas castanhas nas folhas exteriores mais velhas.


Estas manchas, rapidamente transforma-se em castanho-escuro ou preto e várias manchas podem juntar-se para formarem uma mancha maior.


Uma das causas mais comuns para aparecer este fungo, são as condições meteorológicas críticas.
Noites frescas de nevoeiro ou de orvalho pesado, dias húmidos e sem sol, chuvas de verão e de outono são alguns exemplos.

Consociação

O aipo dá-se bem com o alho-francês, o tomate, a couve-flor, as couves, o feijão e a alface. 
É antagónico da batata e do milho.

Colheita
Aproximadamente 4 meses após a plantação, as plantas estarão no ponto de colheita, sendo então cortadas no disco de raízes 3 a 5cm abaixo do colo, de modo a manter os pecíolos presos.
O corte deve ser feito nas horas de temperaturas mais amenas do dia, e a manipulação em ambiente fresco e húmido, para que a planta não comece a murchar.

DESTAQUES

ABÓBORAS
ACELGAS
ALFACE

RELACIONADO

Aipo Celery

Benefícios do Aipo

Aipo Celery

Descrição do Aipo

Siga-nos