Logo Hortas Biológicas

USO TERAPÊUTICO DA ACELGA

Sumo de Acelga Chard Juice

 

Em alguns países mediterrânicos como na Turquia, a acelga há muito tempo que é reconhecida pelas suas propriedades terapêuticas. 

Por exemplo, é uma das hortaliças mais utilizadas pelos diabéticos, pelo fato de ajudar na redução de glicose no sangue.

Foi a partir da observação deste hábito tradicional que a classe científica decidiu investigar os efeitos da acelga no controle da diabetes. 

Alguns estudos de laboratório, feito com animais, indicam que a acelga pode realmente contribuir para o controle da diabetes, mas ainda não há evidências que comprovem o mesmo efeito nos humanos.

No entanto, as propriedades benéficas da acelga não se resumem apenas ao controle da diabetes.

Veja mais exemplos de benefícios:

- Por ser rica em vitamina B9 ou ácido fólico, é um elemento essencial na dieta de mulheres grávidas. A deficiência desta vitamina nas primeiras semanas de gravidez pode causar malformações no desenvolvimento futuro do sistema nervoso do bebê e na medula espinal.

- A grande quantidade de betacaroteno da acelga, que é convertida pelo organismo em vitamina A, ajudam a melhorar a visão, especialmente para prevenir doenças como a retinopatia (catarata e perda de visão) e infeções (conjuntivite).

- A vitamina K melhora a coagulação do sangue e fortalecimento da estrutura óssea. 

- A acelga é boa fonte de ferro, essencial para o transporte de oxigênio e formação de glóbulos vermelhos no sangue e ajuda a evitar a anemia.

-  É também uma boa fonte de magnésio, que contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico.

-  Ainda é rica em fibras solúveis, que podem ajudar o sistema digestivo além de ajudar na remoção de elementos tóxicos do organismo que podem ser prejudiciais.

-  Além disto, a acelga é conhecida por fortalecer o estômago, por ser eficaz em desinflamar os nervos (neurite), age como antioxidante, combate os cálculos biliares, é muito utilizada em doenças circulatórias, como também é considerada um poderoso cicatrizante. 

-  Por conter fibras alimentares a acelga é um alimento que pode estar presente na dieta de pessoas que o intestino não funciona corretamente e tem um leve efeito laxativo.

- Ajuda a manter a pele e as mucosas saudáveis, auxilia no crescimento e faz parte da formação do esmalte dos dentes. 

-  A vitamina C dá resistência aos vasos sanguíneos, combate processos infeciosos, hemorragias e evita problemas de pele

-  A Niacina, assim como todas as outras vitaminas do Complexo B, protege o aparelho digestivo e o sistema nervoso central. 

-  A acelga também é ótima fonte de vitamina E — uma porção fornece mais de 10% das nossas necessidades diárias.

-  A acelga também contém fósforo. O fosforo desempenha um papel fundamental na saúde de ossos e dentes, contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico e auxilia a regeneração de tecidos.

Indicações terapêuticas
Uso interno:

- Infeções urinárias, a prisão de ventre e as hemorróidas.
Ferver num litro de água durante 15 minutos 50 gramas de acelgas cortadas em pedaços pequenos. Coar o líquido. Tomar um copo de manhã e outro à noite.

Estômago, fígado, inflamações da bexiga e do duodeno:
Fazer uma infusão de 30 gramas de folhas inteiras em 300 ml de água. Tomar 3 copos por dia.

- Cálculos biliares:
No liquidificador triturar em partes iguais acelgas e agriões. Tomar um copo por dia, em jejum.

- Prisão-de-ventre (laxante):
Triturar a acelga no liquidificador. Tomar meio copo de sumo misturado com uma colher de sopa de azeite.

Uso externo:

Úlceras, feridas, hemorroidas: 
Aplique folhas frescas sobre a parte afetada. Tira a dor e reduzir a inflamação.

Máscara facial:
Pique finamente a parte verde da acelga, adicione um pouco de óleo de amêndoa doce. Aplique como um creme de rosto. Deixe atuar por 20 minutos. Refresca e amolece a pele. Combate a vermelhidão e a inflamação.

Tratamento da pele:
Mergulhar em água a ferver várias folhas de acelga e deixar ferver lentamente durante 10 minutos. Retirar as folhas, juntar argila verde e amassar tudo muito bem. Aplicar como uma máscara para combater acne e problemas de pele.

Cuidados

Não são conhecidos quaisquer efeitos secundários nocivos no consumo da acelga

Contudo, deve-se ter em conta que todas as partes da acelga contém ácido oxálico (oxalato), uma substância que prejudica a absorção de cálcio no organismo. Por isso, o seu consumo deve ser moderado.

No entanto, a quantidade de ácido oxálico pode ser muito reduzida pelo processo de cozimento deixando assim de ser prejudicial. Mas por outro lado também reduz a concentração das vitaminas especialmente das vitaminas hidrossolúveis, como é o caso da vitamina C.

DESTAQUES

AIPO
ALFACE
ABÓBORAS

RELACIONADO

Acelgas Swiss chard

Como Cultivar Acelgas

Acelgas Swiss chard

O que são Acelgas

Siga-nos